Justiça

justiça

Nós da Trindamais sempre nos preocupamos em disponibilizar o melhor serviço de justiça para todos os clientes. Dentro desta área, não são poucas as dúvidas que aparecem dentro do setor. Entre estas dúvidas, você já parou para fazer a seguinte pergunta?

O que é Justiça?

Bom, segundo o próprio filósofo Platão, a justiça trata-se de disponibilizar aquilo que é próprio. Dentro disso, podemos afirmar que o simples fato de definir bem sobre o conceito de justiça, já se consolida como algo certo. Entretanto, é um assunto realmente polemico, dividindo opiniões de diversas maneiras.

De maneira literal, tal como o significado de justiça, podemos ler:

O que justo e correto

Este artigo foi feito com a estreita finalidade de criar uma definição consolidada, através de palavras mais simplistas, para podermos ajustar a verdadeira compreensão sobre o tema.

Sabe o que é verdadeiramente interessante? É grande o número de pessoas que acabam se ocupando em relatos que pensam ser injustos. Na TV, por exemplo, não são poucos os casos de corrupção na política.

Felizmente ou infelizmente, não é sempre que a visão de justiça é igual: ao consultarmos diferentes vistas para o mesmo caso, opiniões diferentes sempre aparecem. Dentro disso, não é necessário muito esforço para conseguirmos obter pelo menos uma única opinião divergente dentro do fato.

Entrando na parte Teológica

Já partindo para uma vista mais teológica sobre o assunto, é comum divergir quando assunto é justiça. É realmente difícil associar uma ideia de divino junto aos atos injustos. Na verdade, é muito contrário disso: é possível explicar diversas injustiças no qual geralmente nos deparamos diretamente com o cotidiano.

Será que deus realmente é responsável por direcionar o tom dos justos e injustos? O ser humano não é diretamente responsável pelos seus atos? Pois é! Em premissa, muitas destas dúvidas aparecem indiretamente no mundo do direito em geral.

Você analisa os acontecimentos?

Outo fato que acaba nos deixando cegos para a realidade de fato é a constante dificuldade que temos para finalmente pensar nos verdadeiros fatos. Ao associar este problema junto a reação das ações anteriores, a gama de informação que nós constantemente nos deparamos diariamente acaba nos deixando confusos, não identificando direito todos os fios de pensamento.

O processo em si geralmente nos tira do caminho estreito sobre a verdadeira maneira no qual o universo aparece em nossa vista, tais como as funcionalidades controladas e incontroladas em nossa vida.

De maneira conceitual, ao julgarmos algo injusto, tal coisa acaba ajustando-se quase que naturalmente no futuro. Não obstante a isso, tal momento não deve consistir dentro de uma reação natural. Utilizando este conhecimento, entenda que nós somos sempre ansiosos frente a calma natureza.

Nós como seres humanos, não podemos esquecer que somos ferramentas naturais que devem sempre percorrer o senso conceitual de justiça.

Quando um crime é feito, seja ele qual for, todas as vistas devem ser analisadas. Quer um exemplo que pode literalmente explodir a sua cabeça:

Imagina um homem, com transtornos mentais constantes e sem controle de suas ações, acaba matando um pai de família. Na sua visão, como a justiça deveria ser feita? Matando-o? Pretendendo por toda a vida? Bom, caso você esteja no time do “não”, como ficaria a família que acabou de perder o pai? Pois é, meu caro leitor: dentro desta vida, seu olho deve ser sempre treinado para considerar todos os lados, independente do absurdo que tal lado apareça. Analise e trabalhe forte!

Estudando Antropologia

grupo social

Quando falamos mais especificamente sobre Antropologia, estamos aludindo uma ciência que trata de diversos aspectos sociais da vida em suas mais diversas culturas e sociedades dos seres humanos.

Em uma linha acadêmica, é correto conceituar que a principal característica da Antropologia é a atenção quanto a diversidade não-linear de todas maneiras de viver, adquirindo um enorme gama de pesquisa frente a grupos étnicos e com religiosidade.

Dentro do âmbito do direito, imergir em estudos antropológicos fazem parte da rotina tanto do estudante quanto do profissional. Aproveite este artigo para tirar suas dúvidas.

Estudando Antropologia

antropologia

A parte única da Antropologia vem do seu método diferenciado de pesquisa dentro do campo de observação participativa. Neste sentido, o pesquisador deverá ficar um bom tempo perto do grupo analisado, analisando todas suas ações dentro de contextos sociais e culturais.

Dentro do território nacional, esta matéria este presente principalmente nas áreas culturais, mesmo que as mesmas estejam presentes em instituições especializadas. Porém, isso não é ruim: a pesquisa acadêmica consegue ser realmente útil em diversos trabalhos, potencializando esta área cada vez mais. Para exemplificar, a anos atrás, só foi possível estudar os quilombolas graças aos esforços ilimitados dos antropólogos da época.

Caso esta matéria esteja inclusa em sua grade curricular, você conseguira compreender melhor as culturas complexas e diversos processos sociais.

Quer investir mais neste meio? Para isso, é necessário preparar-se para questionar tudo aquilo que você considera banal e comum, auxiliando diretamente na compreensão às razões no qual leva as pessoas a revigorar algumas culturas, respeitando sempre regras deontológicas que sobrepõem toda a análise de dados.

O que é antropologia estrutural

Sendo criada por Lévi-Strauss, elaborando o livro com o mesmo nome do subtítulo, a antropologia estrutural consegue reunir artigos que validam todo o projeto cientifico de Strauss.

A obra é inspirada em um linguista suíço Ferdinand de Saussure, a antropologia estrutural vai concentrar seus esforços no exato modo dos elementos no qual os sistemas aparecem, não considerando o valor natural. A união dos fatores citados dá margem natural para contrapor vistas de diversos lados.

Caso você goste de estudar como funciona o sistema de comunicação via símbolos, a antropologia estrutural pode ser realmente útil para você.

Passando para o método etnográfico

Já entrando para o método etnográfico, a parte principal é seu método único de pesquisa onde os antropólogos culturais e sociais baseiam-se no campo foco participativo, deixando o investigador no centro do grupo durante um período consideravelmente prolongado.  A observação das interações sociais junto a identificação do comportamento individual e coletivo são principais para realizar um verdadeiro projeto de pesquisa sustentável e útil para a nossa sociedade. Engana-se quem pensa que a antropologia serve somente para ajudar alguma instituição ou grupo na sociedade. Na verdade, trata-se de um verdadeiro estudo histórico, comportamental e de valores culturais úteis para análise de diversas vias.

Áreas da advocacia

advocacia criminal

Vários advogados que acabaram de se formar possuem uma dificuldade imensa dentro do mercado. São varias as situações de dúvidas que rondam a mente do novo profissional, sempre ficando em dúvida de qual caminho trilhar.

Dentro do mundo do direito, a diversidade de caminhos pode tornar-se um obstáculo grande na hora da decisão. Neste artigo, para te ajudar a finalmente escolher uma área de atuação forte, vou escrever melhor sobre como funciona a Advocacia Criminal.

Advocacia Criminal: devo entrar?

A parte do Direito Criminal é uma das áreas mais delicadas para o profissional da área de direito: ao enfrentar desafios que sempre devem ser superados no ramo, dificilmente o advogado será contemplado por um ponto de conforto.

Separei para você alguns motivos que podem ser suficientes para você finalmente escolher esta área para atuar. Vamos começar?

  • Trabalhando com defesa

Ao trabalhar na área criminalista, o advogado pode assumir uma postura de defesa, sendo um trabalho de contraposto frente a denuncias e erros de parte da acusação.

Muitas pessoas criticam o advogado de defesa devido a sua estreita área de atuação. No entanto, devido ao mesmo fato, o mesmo consegue assimilar integralmente todas as problemáticas da linha, sabendo defender o acusado com precisão;

  • Lutando contra injustiças

Trata-se de alguém que quer ver a lei cumprida da melhor forma possível, mesmo que isso signifique brigar contra o descumprimento da própria legislação e prisões ilegais.

Aliado a postagem sobre antropologia que fizemos neste mesmo blog, toda a informação cultural e antropológica que o advogado consegue adquirir em sua vida acadêmica será útil nesta fase. O conceito de justiça deverá ser bem consolidado na vida do advogado;

  • Atuação em juris

O júri nada mais é que um palco de oradores que são responsáveis em manifestar ideias, debater discursivamente e debater referente ao caso em especifico. É uma área que demanda bastante responsabilidade.